E-mail: vendas@compremudas.com.br(43) 9831-9168 (41) 3180-0076
Buscar no site
MAXILLARIA JUERGENSII COM SUPORTE

Tabela do desconto

Características

Tamanho da Muda5 a 10CM

Cultivo

COMO CULTIVARO cultivo é bastante simples. Ela gosta de boa ventilação, umidade, além de muita luz indireta (ou seja, sem raios solares diretamente na planta) e ambientes com temperatura entre 18° e 25° C. Se a temperatura não estiver nesta faixa pode haver inibição do florescimento e a interferência na qualidade das folhas e flores.A coloração das folhas indica se a luz que elas recebem está adequada ou não. Folhas muito escura é sinal de pouca luz, o que pode comprometer a floração. Folhas muito claras como um verde amarelado indica excesso de luz.

* Sempre coloque o vaso com a frente da orquídea (onde apresentam brotos novos) virada para o lado que apresenta maior luminosidade.

** Atenção! Se receber luz solar direta, pode ter suas folhas queimadas e os danos são irreversíveis, as folhas nunca voltarão ao normal, será necessário esperar pelos brotos novos.

SUBSTRATO

Os mais usados são: fibra de coco em cubos, casca de pinus, pedra brita e musgo esfagno.

É preciso que o substrato garanta um bom arejamento para o sistema radicular (raízes) e de forma alguma cubra o rizoma. Isso poderá matar a planta. É importante trocar o substrato antes da sua deterioração, pois quando o material começa a se dissolver, elimina gases que podem prejudicar a planta. Outro sinal de necessidade de troca de substrato é quando a orquídea estiver saindo do vaso.

FIXANDO NAS ÁRVORES

Por serem epífitas, podem também ser presas em árvores, amarrando-as diretamente ao tronco. Para isso, é melhor envolver suas raízes em um pouco de fibra de coco ou musgo esfagno, assim, ela se fixará e a umidade será mantida.

REGAS

Ao regar, deve se evitar o excesso de água. O ideal é molhar todo o substrato e deixar escorrer toda a água. Nos dias quentes é necessário regar mais vezes durante a semana, em torno de 2 vezes. Já nos dias mais frios este espaço precisa ser maior, em torno de uma vez por semana.


ADUBAÇÃO

O adubo foliar é bastante indicado, mas deve ser empregado diretamente nas raízes. A aplicação quinzenal é suficiente, mas precisa ser durante o ano todo. Não é necessário parar de adubar nos meses mais frios.Não adube no período em que o sol está alto, o ideal é adubar no início da manhã. A mistura sol + adubo pode causar queimaduras irreversíveis nas plantas. Você pode adubar também com adubo orgânico, mas se você é iniciante, para não errar, opte sempre por adubos químicos foliares, aqueles solúveis em água.

PRAGAS

As pragas mais comuns são cochonilhas, pulgões, lesmas e percevejos, além de doenças causadas por fungos. Para evitar a presença deles, deve-se conservar o local dos exemplares sempre limpos e bem arejados.O ideal também é deixar um espaçamento de um palmo entre uma planta e outra.

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

DESCRIÇÃO DO PRODUTOAtenção: as plantas serão enviadas sem flores e Raiz Nua(sem vaso)



Espécie epífita que cresce formando pequenas touceiras. Pseudobulbos facelada de 2 cm de cltura, portando duas folhas apicais, de cor verde escura, roliças, linear, lanceoladas de 5 cm de comprimento. Flor sobre pequeno pedúnculo de 2 cm de altura. Flor de 1 cm de diâmetro, de cor bronzeada. Labelo oval, com fauce marrom bronzeado brilhante. Cultivo em meia sombra. Floresce na primavera.